domingo, 10 de abril de 2016

Major Sales vence nos pênaltis e chega a final

A equipe do Major Sales venceu nas penalidades o Motirão pelo placar de 4 x 3, depois de empatar em zero a zero no tempo normal, e agora irá enfrentar o Brejo dos Santos na grande final.

O time do Motirão entrou em campo com um grande desfalque, o centroavante Mauro que marcou duas vezes na quarta de final.

Já o Major Sales, tinha dois desfalques, Davity e Adinho, três se contar com Cléber que machucado não joga mais pela equipe nessa edição e quatro contando com Arthur que só jogou uma partida nessa competição.
 
Com a bola rolando, a equipe potiguar consegue um lance de bola parada no primeiro minuto, Eronildes cobra a falta, e o goleiro Francisco fica com ela.

O jogo prossegue nos primeiros minutos, com mais posse de bola da equipe paraibana, sem Deivty e principalmente sem Adinho, o time não tem organização no meio de campo.

O tempo vai passando, o jogo vai ficando lá em cá, mas os atacantes não oferecem perigo aos goleiros, que são meros espectadores.

Aos 22, depois da boa tabela de Rodrigo e Jerry, o último chuta, mas a bola vai para fora, perdendo uma boa chance de abrir o placar.

O time do Motirão responde aos 24, quando Nen toca para Elianto, e o atacante chega chutando para fora.

O time do Motirão, volta a dominar o jogo, com mais posse de bola, mas não consegue chutar a gol, não é que os atacantes não sejam bons, mas as duas equipes tem um sistema defensivo muito bom.

Aos 29, em mais uma decida da equipe de Major Sales, Cotinga cruza, e Antonio ao tentar afastar cabeceou e a bola passa perto da trave do goleiro Francisco, sedendo escanteio.

O time potiguar chega novamente ao ataque aos 32, Jerry toca para Eronildes que chuta e a bola toca na rede pelo lado de fora.

O mesmo Eronildes recebeu pela direita e bate forte, mas a bola vai pra fora novamente, já eram passados 37 minutos da primeira etapa.

E com uma partida muito equilibrada, o primeiro tempo acaba sem gols.

As duas equipes voltaram para a segunda etapa com as mesmas formações.

A primeira decida é do Motirão, Elianto recebe bola na direita e bate forte, o chute pegou tão errado que a bola saiu na lateral.

Ainda no primeiro minuto da segunda etapa, a bola é cruzada da direita, Jerry cabeceia e o goleiro Francisco parado no meio do gol torcendo para ela ir para fora, e é isso que acontece.

O segundo tempo começa muito corrido, e aos 03, a bola chega mais uma vez para Elianto que pate forte, pra fora.

O jogo continua como na primeira etapa, nada de criação para os atacantes finalizarem com qualidade.

Aos 12, a defesa de Major Sales afasta mal, e a bola se oferece para Nen, que bate fraco para fácil defesa do goleiro Flávio.

Aos 13, o lateral direito Bruno chega chutando, mas a bola passa a direita do goleiro Flávio.

O time do Motirão, tem melhor momento em campo, e a equipe de Major Sales, tem grande parte de seus atletas demostrando cansaço.

Aos 20, Elianto recebe na direita, mas demora para definir e Flávio sai e abafa.

Aos 25, Mundinho rola a bola para Evanio qu chega batendo para fora.

O segundo tempo, a equipe de Uiraúna tem mais a posse da bola, e aluga o campo do adversário, mas as chances não são claras.

Aos 34, cruzamento de Alexandre na área do Motirão, Jerry se joga para desviar a bola, mas ela vai pra fora, e o zero a zero persiste.

Numa tarde de duas boas defesas, e ataques reservas e meias sem criatividade, o resultado dificilmente seria outro, se não o zero a zero.

E assim acabou o jogo no tempo normal, e como aconteceu na outra semifinal, o torcedor que compareceu aos estádio Wilson Rocha pode acompanhar mais uma decisão nos pênaltis.
                 
A equipe de Major Sales abrindo as cobranças, o zagueiro Dorin foi o responsável pela primeira, e o goleiro Francisco defende. 0 x 0

Nen cobra para o Motirão e faz, 1 x 0.

Salin bate e empata, 1 x 1.

É a vez do zagueiro cobrar, e o goleiro Flávio faz a defesa, 1 x 1, e a vantagem do Motirão desperdiçada.

Eronildes cobra para a equipe de Major Sales, e a bola acerta o travessão, 1 x 1.

Jerfesson cobra e converte para a equipe paraibana, Motirão 2 x 1.

Cláudio também marca para Major Sales, 2 x 2.

O goleiro Francisco faz a quarta cobrança para o Motirão, e manda a bola pra fora, continua tudo igual, 2 x 2.

O goleiro Flávio não vacila e marca na última cobrança do time de Major Sales, 3 x 2.

Magrão, vai para última cobrança da equipe paraibana, não podia perder, e ele não perdeu, empatando as cobranças em 3 x 3.

Agora, era hora dos alternados, na primeira cobrança de Major Sales, Jerry faz, 4 x 3.

Washington cobra para o Motirão e a bola bate na trave e vai pra fora. Major Sales 4 x 3 Motirão.

É festa no estádio Wilson Rocha, a equipe de Major Sales consegue a classificação para a grande final, e agora decide a final no sábado contra a equipe do Brejo dos Santos.

Essa será uma final inédita, nenhuma das equipes chegaram até a final, o jogo será no sábado dia 16, as 15:45 h.

O Motirão que participou pela primeira vez da competição, chegou muito perto da final, alguns torcedores presentes, após o jogo disseram que estavam satisfeitos, pelo menos chegam mais longe que a Seleção de Uiraúna, que no ano passado caiu nas quartas de finais.

Ficha técnica:

Copa Janduir Diniz

09 de abril 2016

Estádio Wilson Rocha

Árbitro central: Adalberto, auxiliares: Jakson e Daniel


Motirão: Francisco, Bruno, Jerfesson, Antonio, Washington, Evanio, Wilson (Romário), Mundinho, Elianto (Danilo), Nen, Zé Gotinha (Magrão).

Major Sales: Flávio, Alexandre, Gavião, Dorin, Cotinga (Salin), Kininin (Claudio), Baiá, Eronildes, Tuuk (Jonatan), Jerry, Rodrigo (Elivelton).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade